17. 02. 2022 - Produzido pela Equipe da Code7

5 vantagens de usar voicebot integrado à discador automático

5 vantagens de usar voicebot integrado à discador automático

Já pensou usar voicebot no seu atendimento? Não? Então, é melhor rever seus conceitos. Afinal, ele pode ser um ótimo aliado na sua estratégia de comunicação, ainda mais, se for integrado à um discador automático. 

Na era conversacional, a automação de processos chega com tudo. Não faz mais sentido perder tempo e dinheiro com atividades manuais que poderiam ser realizadas por robôs, concorda?    

Atualmente, você pode automatizar ligações para realizar negociação de débitos, vendas e muito mais!   

Quer saber mais detalhes sobre esse assunto? Acompanhe o blog post que preparamos! 😉 

Afinal, por que usar voicebot?

Antes de tudo, você precisa entender que o voicebot é um agente virtual. Ou seja, um robô. Hoje, ele é bastante utilizado para otimizar processos repetitivos nas empresas, sobretudo, aqueles relacionados ao atendimento ao cliente. 

Aliás, o que caracteriza esse canal de interação é o uso da voz. Ao contrário do chatbot que preza pelas mensagens de texto, o voicebot foca no som das palavras. 

Por meio da inteligência artificial, o voicebot pode reconhecer a fala de um cliente e interpretá-la a partir do repertório presente em seu banco de dados. Além disso, ele pode realizar ações conforme sua programação. Demais, né?  

Enfim, são muitas funcionalidades! Pra você ter uma ideia, o robô ainda consegue detectar se a mensagem transmitida foi compreendida pelo cliente ou não. Desse modo, ele é capaz de repetir a mensagem de forma automática. Caso a comunicação com o usuário não evolua, ele transfere a ligação para um atendente humano de forma imediata. 📢 E, o melhor, SOZINHO! 

Aliás, o objetivo principal do voicebot é automatizar processos rotineiros. De um jeito inteligente, ele pode realizar cobranças, fazer agendamentos, localizar clientes e muito mais. Tudo isso de forma fluída e humanizada. 

O mais bacana é que todo o fluxo conversacional pode ser personalizado conforme o perfil do cliente e da empresa. Ou seja, o que não faltam são motivos para usar voicebot no seu negócio, né? 

usar voicebot na boteria

Agora, e o discador automático, como funciona? 

O discador automático é um software capaz de automatizar o processo de discagem telefônica de uma operação de Contact Center. Em outras palavras, ele facilita a vida dos atendentes! Ao adotá-lo, os operadores não precisam pesquisar os contatos na base, realizar a discagem manual e nem aguardar na linha até as ligações serem atendidas. Tudo é feito de forma digital. 

Além disso, ele possui mecanismos inteligentes em discagens do tipo preditiva e power. Sabe o que isso significa?  

Que o discador é capaz de identificar a voz humana e diferenciá-la de gravações (secretária eletrônicas, mensagens de operadora etc.). Isso contribui para aumentar, ainda mais, a produtividade dos operadores.  

Ele, também, gerencia e aplica toda estratégia de discagem à base de mailings a ser trabalhada. Nesse sentido, consegue criar uma lista com todos os contatos disponíveis para ligação e ordená-los de acordo com as  regras de discagem definidas pelo gestor da operação.  

Ah, a configuração do discador, também, pode ser personalizada conforme as necessidades da organização e o perfil do consumidor. Isso contribui para a otimização do processo de discagem. Sem deixar de lado a qualidade de atendimento, sobretudo, a experiência dos clientes. Legal, né?

Agora, imagine usar voicebot em conjunto com o discador automático? Seria perfeito! Mas, a verdade é que atualmente, isso já é uma realidade. Por isso, listamos as principais vantagens desse tipo de integração.  

Voicebot integrado à discador automático:5 vantagens para o seu negócio 

Os dados não mentem. De acordo com uma matéria da Forbes, a tecnologia de voz impulsionará as comunicações empresariais em 2022.  A tendência é que os Contact Centers usem, ainda mais, ferramentas de voz para atender com maior eficiência as necessidades dos seus clientes. 

Nesse sentido, as empresas, mais do que nunca, precisarão se preparar para se destacar da concorrência. Afinal, o mercado ficará mais acirrado!  

Uma das soluções propostas é usar voicebot integrado ao discador automático. 

Ao adotar esses sistemas, de forma conjunta, a empresa tende a ganhar diversas vantagens. Olha só! 

1 – Diminuição de custos para a empresa

Em primeiro lugar, os voicebots são capazes de assumir atividades repetitivas e com baixo grau de complexidade. Dessa forma, os agentes humanos podem focar em atividades mais estratégicas. É uma maneira de otimizar os recursos e gerar muito mais economia para a empresa! 

Além disso, com os voicebots, a empresa consegue ampliar o horário de atendimento de operações receptivas, sem ter que contratar mais funcionários. Os robozinhos de voz podem trabalhar 24/7, sem pausas e férias! #sonhodefine

Aliás, em operações ativas, o discador pode fazer todo o processo de discagem sem intervenção humana. Isso mesmo! Os agentes virtuais, por sua vez, conseguem localizar os clientes por conta própria. Assim, é possível economizar com a contratação de novos colaboradores.  

Um localizador virtual consegue identificar muitos mais mailings em um curto período, se comparado a um agente humano. Isso é um super GANHO!

2 – Aumento da produtividade da operação  

Os voicebots, também, conseguem responder de forma rápida. Isso agiliza o atendimento. Nas discagens preditivas, um grande número de ligações é disparado. Tal cenário, contribui para o aumento da produtividade, pois diminui a ociosidade da operação 

Além disso, o tempo de espera entre um atendimento e outro é reduzido Em suma, isso acontece porque o discador revê a duração média das chamadas e, antes que a ligação em curso termine, começa a discar para outros números. Legal, né? 

Ah, outro fato interessante que merece ser compartilhado é que os voicebots podem ser utilizados em todos os tipos de discagem, como a power. Assim, você pode construir fluxos de atendimento 100% personalizados e adaptados à realidade de qualquer empresa. 

3 – Atendimento humanizado e customizado 

Bom, você já deve ter percebido que os voicebots são customizáveis, né? Talvez esse seja um dos grandes diferenciais dessa ferramenta. Afinal, você pode definir diversas configurações, tais como: a gravação que será transmitida, o tempo de espera pela resposta do cliente, etc. Desse modo é possível criar fluxos específicos para diferentes objetivos e públicos.  

Quer um exemplo? Então, vamos lá! Imagine que você tenha que entrar em contato com uma cliente da região nordeste. Como seria a sua abordagem? Às vezes, a falta de sucesso da negociação está relacionada a falta de identificação entre a pessoa que está do outro lado da linha e a empresa. 

Contudo ao personalizar a linguagem do negócio, por meio do voicebot, e adaptá-la ao sotaque daquela região, você tende a gerar mais empatia. Afinal, você acaba criando uma conexão maior. Dessa forma, a abordagem tende a ser mais assertiva.  

Os aspectos técnicos de uma operação, também, podem ser personalizados ao fazer a integração. É possível alterar o nível de prioridade das discagens vindas do localizador virtual, a tabulação (status) que o voicebot atribuirá para cada tipo de chamada, etc. 

Aliás, grande parte das configurações mais técnicas podem ser modificadas pela própria gestão. Desse modo, é possível alterar as parametrizações e colocar o voicebot para rodar na mesma hora! Sem a necessidade de deploy por desenvolvedores. É fácil e rápido!  😉 

4 – Comunicação mais fluída e dinâmica 

Engana-se quem pensa que os robôs deixam a conversa mecanizada. Atualmente, há diversas tecnologias que fazem os voicebots terem interações cada vez mais humanizadas e dinâmicas. Afinal, eles representam a voz de um negócio!   

Além disso, ao se comunicarem em linguagem natural e reconhecerem a voz humana, eles criam uma comunicação muito mais espontânea. Em síntese, eles são muito mais interativos do que as URAs (Unidades de Resposta Audível) tradicionais. Pode acreditar!  

Isso, porque, as URAs possuem fluxos mais rígidos e seus comandos estão diretamente ligados aos números digitados pelo usuário. Ou seja, não há entendimento da voz humana.   

Os voicebots também agilizam o atendimento para os clientes, possibilitando que o usuário solicite diretamente o que deseja, sem ter que percorrer todas as etapas de menu de uma URA tradicional. 

➡️ Para saber mais: O que é URA inteligente e humanizada? Entenda seus benefícios para o atendimento 

5 – Insumos para melhorar o fluxo e apoiar nas tomadas de decisões 

Usar voicebot integrado à discador automático é fundamental para tomar decisões mais certas. Afinal, esses sistemas produzem dados importantes que servem de insumos para qualquer negócio.  

O discador, por exemplo, grava todas as interações de voz. Essas gravações podem ser utilizadas na avaliação da qualidade dos atendimentos. Sem contar que é possível verificar se fluxo empregado nos voicebots estão dando resultados ou não.  

Por meio das gravações, é possível identificar gaps no caminho. Desse modo, os gestores conseguem ver em qual parte do fluxo há mais dificuldade de entender as informações repassadas pelo robozinho, bem como onde há maior abandono de atendimentos .

Enfim, todas essas métricas ajudam a traçar estratégias e servem de apoio para aferição dos resultados já alcançados.     

Viu só, quantas vantagens essa integração pode trazer para o seu negócio? Se você deseja agilizar o atendimento e aumentar a produtividade da sua equipe, a hora é essa! Não deixe de apostar nessa combinação de sucesso! 

Ao usar voicebot integrado ao discador automático você só tende a ganhar, viu?

Tem dúvidas por onde começar? Então fale com a gente! Vamos, juntos, criar uma jornada de engajamento perfeita para o seu negócio o quanto antes! 

usar voicebot e discador automático