5. 08. 2020 - Produzido pela Equipe da Code7

Como criar o seu chatbot para WhatsApp em 4 passos

Como criar o seu chatbot para WhatsApp em 4 passos

Crie e publique o seu chatbot para WhatsApp de forma rápida e fácil para vender e fidelizar mais clientes. Veja como essa ferramenta é bem mais simples e acessível do que você pensa.

Antes de tudo, é importante você entender que a experiência do cliente passou a ser o centro de qualquer estratégia de sucesso. Em outras palavras, não tem como você querer melhorar a performance da sua empresa, sem melhorar a satisfação do seu público.

Atualmente, é preciso oferecer praticidade e opções de contato para que o consumidor possa realizar suas compras de forma descomplicada. Pensando nisso, ter um bot no WhatsApp pode ser uma ótima solução. Afinal, o aplicativo é um dos mais populares no Brasil.

Sem contar que com a ajuda de um robô, você consegue ampliar sua capacidade de atendimento.

Continue acompanhando esse blog post e saiba mais sobre o potencial dessa ferramenta inovadora e acessível, bem como as suas vantagens.

Mas, qual a importância do WhatsApp no atendimento ao cliente?

Em primeiro lugar, vamos aos dados!

O WhatsApp possui, atualmente, mais de 2 bilhões de usuários ativos no mundo inteiro. Ou seja, o aplicativo está disponível em 60 idiomas e em mais de 180 países.

Inclusive, segundo o último relatório da We Are Social e Hootsuite, o WhatsApp é a rede social mais utilizada no Brasil. Estima-se que 96,4% dos brasileiros utilizam o aplicativo de mensagens instantâneas, diariamente. O que corresponde a 165 milhões de pessoas.

Além de ser utilizado como meio de troca de mensagens entre amigos e familiares, o app tem sido um importante recurso comercial.

Em especial, a versão da  API do WhatsApp Business que oferece diversas funcionalidades extras. Por meio dela é possível usar um único número de telefone com diversos atendentes, manter os dados protegidos e, ainda, enviar mensagens em massa com a ajuda de um chatbot. Bem legal, né?

Afinal, quais os benefícios de um chatbot para WhatsApp?

Atualmente, o chatbot para WhatsApp pode ser utilizado para o envio de notificações, status de pedido, 2ª via de boleto e muito mais! Assim, essa ferramenta automatizada é um recurso valioso e pode ajudar de várias maneiras. Confira os benefícios!

  • Mais interação e maior alcance: com o bot, é possível conversar com os clientes de forma frequente e efetiva.
  • Suporte em tempo real: a sua marca pode ficar disponível 24h, 7 dias por semana.
  • Personalização: você pode personalizar as conversas e deixar o contato mais humanizado.
  • Aumento da produtividade: o bot consegue realizar uma comunicação em massa. Dessa forma, você pode aproveitar o tempo dos seus agentes para resolver questões mais complexas.

Os GANHOS são muitos. Quer aprender como criar o seu chatbot para WhatsApp e arrasar nas vendas? Continue acompanhando nosso conteúdo.

Como criar um chatbot para WhatsApp em 4 passos 

Antes de tudo, é preciso obter o WhatsApp Business API, que é a solução oficial do WhatsApp para criação de chatbots. A partir daí, basta seguir os seguintes passos:

Passo 1 – Conheça o seu público-alvo

Primeiramente, o chatbot para WhatsApp tem a capacidade de executar diversas tarefas e resolver as demandas mais comuns do atendimento.

Ou seja, ele envia a mensagem certa, na hora certa, para a pessoa certa. Porém, o robô precisa ser bem planejado e desenvolvido, com base em informações sobre os clientes, como:

  • tipo de linguagem do seu público-alvo;
  • necessidades e hábitos dos clientes;
  • histórico de atendimento;
  • dados demográficos;
  • geolocalização.

Dessa forma, é possível criar estratégias eficazes para o atendimento ao cliente via chatbot do WhatsApp.

Passo 2 – Não esqueça de conseguir o opt-in do cliente

Primeiramente, opt-in é como se chama a autorização que cada usuário fornece  para uma empresa entrar em contato. Desse modo, essa permissão é exigida por lei para canais como o WhatsApp, SMS e e-mail. Assim, ela pode ser obtida no final do atendimento, em qualquer canal, com perguntas bem claras e diretas. Exemplo: 

 “Ana, você gostaria de receber atualizações semanais pelo WhatsApp com mais novidades e dicas?”. 

Portanto, não deixe de fazer essa solicitação e evite problemas com a LGPD.

Passo 3 – Defina a estratégia do seu chatbot 

Acima de tudo, é a função estratégica escolhida que vai definir os rumos das interações do seu chatbot. Portanto, estabeleça um objetivo. O bot vai servir para qualificação de leads? Para responder o FAQ ? Para enviar notificações e boletos? 

Em suma, a sua estratégia deve ser criada tendo em mente duas coisas:

  1. Quais são os problemas a serem resolvidos pelo chatbot?
  2. Quais são as funcionalidades do chatbot que podem ajudar a resolver esse problema?

 

Templates Chatbots

Passo 4 – Comece a desenhar a árvore de interações 

Com a estratégia definida, desenhe as interações conforme as informações sobre os clientes que citamos e responda as perguntas:

  • quais as principais dúvidas dos clientes?
  • como o chatbot reagirá quando não souber uma resposta?
  • o fluxo de conversa deve ser livre ou orientado?
  • qual o tom de linguagem mais adequado?

A partir das respostas obtidas, é possível criar um diálogo mais natural. Além disso, ao projetar o fluxo de conversa, não deixe de utilizar os elementos abaixo!  

1) Menu

Antes de tudo, esse é um item obrigatório logo no início da conversa, após a saudação de boas- vindas. Além disso, o menu deve ser conciso, direto e os itens listados precisam ser de fácil compreensão para o usuário. Assim, as pessoas poderão escolher entre digitar o item ou o número correspondente a essa opção. 

 2) Perguntas

Os questionamentos que geram respostas  do tipo “Sim” ou “Não” são uma ótima forma de entender as necessidades do cliente. Afinal, desse modo, tudo fica mais claro, e é mais simples conduzir a conversa adiante

É preciso lembrar que as respostas do usuário podem apresentar diversas variações como “ok”, “certo”, “quero”, “não tenho interesse”, etc. Nesse sentido, o chatbot precisa ser treinado por meio de  Inteligência Artificial para entender diversas reações.

3) Quebra de fluxo 

Atualmente, os erros do chatbot são as mensagens que procuram contornar a situação, quando o bot não tem respostas. Portanto, elas devem ser redigidas com cuidado para manter o usuário engajado na conversa.

Por fim, é importante oferecer opções para retorno ao Menu, redirecionamento para outro fluxo ou transferência para um agente humano.

4) Dicas

Desde já, para os consumidores interagirem da maneira fluída com o chatbot, é essencial dar dicas durante a conversa. Veja exemplos!

  • Digite Menu para ver todas as opções novamente.
  • Digite Voltar para retornar ao menu anterior.
  • Se preferir conversar com um dos meus colegas humanos, é só digitar “quero falar com um humano” a qualquer momento.

Chatbot perfeito

Chatbot para WhatsApp é uma boa solução?

Sim! Desenvolver um chatbot para WhatsApp é essencial para expandir o seu negócio.

Agora, que você já sabe como criar um robô, não fique sem o seu.

Saiba mais detalhes sobre essa solução. Fale com um especialista da Code7.

Temos diversas opções para tornar o seu atendimento digital mais eficiente. inclusive, uma plataforma de construção de bots com diversos templates prontos para serem utilizados. Não deixe de conhecer!

Por fim, ficamos por aqui. Continue acompanhando nosso blog e tenha acesso a mais conteúdos inéditos sobre o universo do atendimento digital.

Leia também: Como gerar mais vendas com o bot do WhatsApp?