5. 08. 2020 - Produzido pela Equipe da Code7

Como criar o seu chatbot para WhatsApp em 4 passos

Como criar o seu chatbot para WhatsApp em 4 passos

Crie e publique o seu chatbot para WhatsApp de forma rápida e fácil para vender e fidelizar mais clientes. Veja como essa ferramenta é bem mais simples e acessível do que você pensa.

 

Antes de tudo, é notório que a experiência do cliente tornou-se imprescindível para o sucesso de qualquer empresa. Dessa forma, com tantas opções na ponta dos dedos, o consumidor não quer mais perder tempo navegando atrás de respostas. Assim, não é uma boa opção ficar esperando em ligações que não resolvem a situação.

Além disso, as pessoas querem a mesma facilidade que têm de se comunicar com amigos e familiares. Por isso, o chatbot para WhatsApp é hoje uma das melhores soluções para o atendimento, vendas e suporte ao cliente.

Nesse post, vamos mostrar como criar um chatbot para WhatsApp pode ser simples. Mas, antes, iremos conhecer mais sobre o potencial dessa ferramenta inovadora e acessível, assim como as suas vantagens.

A importância do WhatsApp no atendimento ao cliente 

Em primeiro lugar, o WhatsApp possui atualmente mais de 2 bilhões de usuários no mundo inteiro. Ou seja, o aplicativo está disponível em 60 idiomas para mais de 180 países. No Brasil, mais de 120 milhões de pessoas utilizam o aplicativo, que está instalado em 99% dos celulares do país. Assim, 59% dos brasileiros deixam o WhatsApp na tela inicial do celular e 79% utilizam como principal fonte de informação. 

Logo, surge o WhatsApp Business, com mais de 5 milhões de usuários em menos de um ano de existência. E o Brasil é segundo maior mercado no mundo, atrás somente da Índia. Isso porque, nos últimos anos, foram lançadas uma série de recursos.

Desde a facilidade de pagamento, até o mais recente recurso de “catálogos”.  Assim, essa funcionalidade permite acessar um site e conferir respostas ou uma tabela de produtos, sem sair do aplicativo.

Porém, a grande revolução da ferramenta aconteceu com a chegada do chatbot para WhatsApp. Agora, empresas de todos os tamanhos podem aproveitar as vantagens de uma ferramenta automatizada para interagir com clientes.

 

Boteria -chatbot

Os benefícios de um chatbot para WhatsApp 

Atualmente, o chatbot para WhatsApp pode ser utilizado para o envio de notificações, status de pedido ou 2ª via de boleto. Assim, essa ferramenta automatizada é um recurso valioso e pode ajudar de várias maneiras:

  • Interaja de forma instantânea e eficaz com seus clientes;
  • Expanda a disponibilidade e o alcance do seu negócio;
  • Ofereça suporte em tempo real;
  • Envie respostas contextuais automaticamente;
  • Personalize a experiência do cliente;
  • Libere a equipe para resolver as solicitações mais complexas;
  • Torne as comunicações com o cliente mais seguras devido à criptografia de ponta a ponta;
  • Encurte o ciclo de vendas;
  • Aumente o reconhecimento da sua marca.

Aliás, muitas empresas já aderiram a essa solução, cujo uso cresce consideravelmente, principalmente após a chegada da Covid-19. Nesse contexto, o chatbot para WhatsApp tornou-se a solução ideal para pequenas, médias e grandes empresas de qualquer segmento. Logo, a eficiência do aplicativo permitiu garantir a continuidade dos negócios, a segurança de funcionários e a satisfação dos clientes.

Agora, vamos ver como o seu negócio pode utilizar o chatbot para WhatsApp e aproveitar os benefícios da plataforma.

Como criar um chatbot para WhatsApp em 4 passos 

Antes de tudo, é preciso obter o WhatsApp Business API, que é a solução oficial do WhatsApp para criação de chatbots. A partir daí, basta seguir os seguintes passos:

Passo 1 – Conheça o seu público-alvo

Primeiramente, o chatbot para WhatsApp tem a capacidade de executar diversas tarefas e resolver as demandas mais comuns do atendimento.

Ou seja, ele envia a mensagem certa, na hora certa, para a pessoa certa. Porém, o robô precisa ser bem planejado e desenvolvido, com base em informações sobre os clientes, como:

  • O tipo de linguagem do seu público-alvo;
  • Quais as necessidades e hábitos desses clientes;
  • Histórico de atendimento;
  • Dados demográficos;
  • Geolocalização.

Assim, o conhecimento obtido cruzando esses dados com fontes externas, como pesquisas, artigos ou relatórios de tendências é essencial. Dessa forma, as informações permitem a criação de estratégias eficazes para o atendimento ao cliente com o chatbot para WhatsApp.

Passo 2 – Não esqueça de conseguir o opt-in do cliente

Primeiramente, opt-in é como se chama a autorização que cada usuário fornece  para uma empresa entrar em contato. Desse modo, essa permissão é exigida por lei para canais como o WhatsApp, SMS e e-mail. Assim, ela pode ser obtida no final do atendimento, em qualquer canal, com perguntas bem claras e diretas. Exemplo: 

 “Ana, você gostaria de receber atualizações semanais pelo WhatsApp com mais novidades e dicas?”. 

Passo 3 – Defina a estratégia do seu chatbot 

Acima de tudo, é a função estratégica escolhida que vai definir os rumos das interações do seu chatbot. Portanto, com o conhecimento sobre seus clientes em mãos, é hora de definir a sua estratégia e propósito. Ele vai servir para qualificação de leads? Vai responder as FAQ ou informar status de pedido? Enviar notificações e boletos? 

Basicamente, sua estratégia deve ser criada tendo em mente duas coisas:

  1. Quais são os problemas a serem resolvidos pelo chatbot?
  2. Quais as funcionalidades do chatbot que podem ajudar a resolver esse problema?

 

Templates Chatbots

Passo 4 – Comece a desenhar a árvore de interações 

Com a estratégia definida, desenhe as interações conforme as informações sobre os clientes que citamos e responda as perguntas:

  • Quais as principais dúvidas dos clientes?
  • Como o chatbot reagirá quando não souber uma resposta?
  • O fluxo de conversa deve ser livre ou orientado?
  • Qual o tom de linguagem mais adequado?

A partir das respostas obtidas, é possível criar um diálogo mais natural, intuitivo e eficaz. Para isso, tenha alguns elementos em mente na hora de projetar o fluxo de conversa do seu chatbot para WhatsApp:

1) Menu

Antes de tudo, esse é um item obrigatório logo no início da conversa, após a saudação de boas- vindas. Além disso, o menu deve ser conciso, direto e os itens listados precisam ser de fácil compreensão para o usuário. Assim, as pessoas podem escolher entre digitar o item que querem ou um número correspondente a essa opção. Logo, no caso dos voicebots, é a voz que dá esse comando.

 2) Perguntas

Os questionamentos que geram respostas  do tipo “Sim” ou “Não” são uma ótima forma de entender as necessidades do cliente. Assim, tudo fica mais claro, e é mais simples conduzir a conversa adiante. Por exemplo, você gostaria de saber mais sobre este produto?

Já as perguntas que implicam em uma determinada resposta do usuário, direcionam a conversa para o caminho desejado. Por exemplo, você não estaria interessado em adicionar mais um item no carrinho e ganhar o frete grátis?

É preciso lembrar que as respostas do usuário podem apresentar diversas variações como “ok”, “certo”, “quero”, “não tenho interesse”, etc. Assim, o chatbot precisa ser treinado através de Inteligência Artificial e do Processamento de Linguagem Natural para entender diversas reações.

3) Quebra de fluxo 

Atualmente, os erros do chatbot são as mensagens que procuram contornar a situação, quando o bot não tem respostas. Portanto, elas devem ser redigidas com cuidado para manter o usuário engajado na conversa. Por fim, é importante oferecer opções para retornar ao Menu, redirecionar para outro fluxo ou transferir para um agente humano.

4) Dicas

Desde já, para os consumidores interagirem da maneira fluída com o chatbot, é essencial dar dicas durante a conversa. Ou seja, algumas dessas dicas podem ser:

  • Digite Menu para ver todas as opções novamente
  • Digite Voltar para retornar ao menu anterior 
  • Se preferir conversar com um dos meus colegas humanos, é só digitar “quero falar com um humano” a qualquer momento.

Como você pode imaginar, o desenho da árvore de interações exige um estudo minucioso da jornada do consumidor. Isso ajudará na hora de encontrar todos os possíveis atritos e identificar e replicar as boas soluções. Afinal, é preciso definir uma resposta de cada ação para que a trajetória do cliente aconteça sem pausas ou insatisfações. Portanto, o chatbot deve oferecer sempre a resposta mais precisa no menor espaço de tempo.

Chatbot perfeito

Afinal, devo criar um chatbot para WhatsApp?

Sim! Desenvolver um chatbot para WhatsApp pode ser muito mais simples do que você imagina. Seguindo todos os passos, você pode criar o seu robô de atendimento por meio de plataformas para o desenvolvimento de bots. Existem diversas opções no mercado, que ajudam a publicar o seu chatbot para WhatsApp de forma automática, rápida e fácil. Esse é o caso da Code7 Boteria.

Com a nossa plataforma é possível construir o seu bot de forma prática, por meio de uma interfaces super intuitiva. Basta arrastar os módulos na tela. Dessa forma, qualquer pessoa pode colocar um chatbot no ar em poucos minutos, mesmo sem experiência anterior ou conhecimento de códigos.

Conheça a plataforma intuitiva da Code7 Boteria e veja como a nossa solução permite criar um chatbot em poucos passos.