27. 10. 2022 - Produzido pela Equipe da Code7

Live commerce: segredos e conceitos

Live commerce: segredos e conceitos

O comércio digital está mais badalado do que nunca. As compras pela internet foram normalizadas durante a pandemia e seguem crescendo, como aponta a E-commerce Brasil. Mas, é preciso buscar estratégias para continuar atraindo e engajando leads. Afinal, a concorrência no meio é grande. Por isso, uma das soluções que está conquistando o mercado é o live commerce. 

Quer saber mais sobre esse assunto? Vem com a gente! 

O que é live commerce? 

O live commerce é uma forma de fazer e-commerce, por meio da interação com o cliente por uma transmissão ao vivo. Também, pode ser chamado de livestream shopping, shopstream ou, até mesmo, live video shopping. É importante destacar que o live commerce não exclui o e-commerce! Na verdade, pode-se dizer que ele complementa o universo do comércio eletrônico ao agregar mais valor e ampliar o alcance das marcas.  

E isso não é coisa do futuro, mas sim do presente. Na China, o valor estimado de mercado do live commerce é de 4914 bilhões de Renminbi (aproximadamente 2980 bilhões de reais), segundo pesquisa da Statista. Em comparação, em 2019, essa modalidade de vendas valia apenas 416,8 bilhões de Yuan. Ou seja, trata-se de um formato bastante promissor. 

Agora que você sabe o que é o live commerce, que tal descobrir como utilizá-lo no seu negócio? Abaixo estão todas as informações que você precisa saber sobre esse novo modelo de vendas e relacionamento. 

Então, continue acompanhando o conteúdo e aproveite!

Por que fazer um live commerce? 

As vantagens são inúmeras. Veja quais são elas, logo abaixo, e saiba como captar mais leads e gerar muito conteúdo de valor para a sua base de contatos. 

Maior engajamento 

Quem não quer ter um engajamento maravilhoso com os clientes, não é mesmo? Com o live commerce, isso é possível. Afinal, o público consegue entrar em contato direto com a sua empresa, fazendo essa conexão ser muito mais assertiva e humanizada. 

Ao adotar esse modelo, é possível gerar interações contínuas. Afinal, em uma transmissão, um novo cliente pode se encantar pelos seus produtos e se interessar em mais conteúdo. Portanto, esse engajamento não é apenas momentâneo, mas sim construído depois das ações de live commerce.

Captação de Leads

A melhor forma de vender é convencendo Leads. Mas para convencê-los, é preciso captá-los. Nesse sentido, o live commerce, por apresentar uma interação alta com o público, garante que esses clientes, em potencial, sejam retidos pela sua empresa. Ao promover lives diárias, por exemplo, você amplia as chances de retenção.

Depois dessa captação, é importante manter esses leads ativos na base. Você pode fazer isso de muitas maneiras. Com os dados obtidos, é possível gerar conteúdos personalizados. Legal, né?

Mas, isso é assunto para o próximo tópico.  Acompanhe!

Geração de conteúdo 

Por meio das estratégias do live commerce você faz dois em um: vende os seus produtos ao vivo, com interatividade, e gera conteúdo para ser utilizado posteriormente. 

Estamos falando de cortes de vídeos, blogposts, posts para as redes sociais e, até mesmo, conteúdo institucional. As possibilidades são inúmeras, graças a maleabilidade do live commerce. Em outras palavras, se o conteúdo for bom, os materiais posteriores serão tão bons quanto, ou ainda melhores! 

Utilize essa vantagem a seu favor: ter conteúdo significa ter oportunidades para gerar interesse. Ou seja, prepare sua live previamente, com roteiro, para que tudo ocorra bem.

Social Commerce: como vender mais nas redes sociais? Clique aqui para descobrir.

Tipos de live commerce 

Trouxemos algumas estratégias para mostrar o quão eclético o live commerce é. Então, já prepara o print para reproduzir esses modelos, posteriormente, no seu negócio. 

Tutoriais 

Ensinar, também, pode ser feito por meio do live commerce! Os tão famosos tutoriais são vídeos, que mostram o passo-a-passo de alguma ação ou procedimento. Dependendo do segmento, você pode fazer com que eles se tornem, ainda mais, interativos. Eles podem ser utilizados, especialmente, quando o cliente tem medo da compra, por não ter a possibilidade de testar antes de adquirir o produto, por exemplo. Então, utilize essa estratégia, de forma educativa, para sanar todas as dúvidas e vender de vez o produto. 

Planeje o seu tutorial para ser ao vivo, sem cortes e com interação do público. Crie enquetes, responda perguntas e seja empático. 

Eventos de lançamentos 

Esse tipo de live commerce é uma grande oportunidade para você mostrar o que há de novo na sua empresa. A grande dica é: o que você for lançar, deverá ser exclusivo, especial. Afinal, é a primeira vez que o público estará vendo o produto. Portanto, invista em boas jogadas de palavras, animação e em um bom marketing para envolver a sua audiência. 

O que é especial precisa ter vantagens. Então, as mostre para o seu cliente! Ah, e não esqueça de montar um cenário incrível, com boa iluminação e diferentes ângulos de câmera. O momento da sua live também é importante para sanar as dúvidas dos leads em relação ao produto. Por isso, planeje previamente as respostas das perguntas mais pertinentes. 

Saldão de estoque 

Diferente dos eventos de lançamento, nessa modalidade você deve vender algo que já foi lançado antes. Portanto, seja criativo utilizando recursos visuais e, como o evento de lançamento, invista no envolvimento do público. O saldão é um momento para reter aquele lead que ainda não tem certeza se deseja comprar. Então, o convença ao vivo. Promoções, também, são muito úteis nesse tipo de live commerce. Deixe algumas prontas, mas secretas, antes de iniciar a transmissão, para surpreender seu cliente. 

O que está acabando também é exclusivo. Então, dê bastante importância para a urgência da escassez do produto. Mostrar a quantidade restante, por exemplo, pode ser uma boa estratégia.

Como montar um e-commerce do zero? Clicar aqui para aprender agora.

Live Commerce: como fazer? 

1 – Conheça seu público 

Tudo começa no entendimento de para quem você está vendendo. Pesquise o suficiente para compreender como o seu público se comporta, o que ele gosta e não gosta. Mas, vá além disso. Descubra seus hobbies, estilo de vida e padrões de compra. Se possível, utilize as personas ao seu favor.

Personas são personificações dos seus clientes. Você deve criá-las para compreender quem compraria na sua loja,. Não generalize, porque as personas não são clichês. Procure construí-las com base na sua lista de clientes. Se possível, ainda, construa essa persona por meio de dados, enviando um formulário de pesquisa para a sua atual base de leads. 

2 – Defina o canal de comunicação 

Para ter um live commerce bom, é necessário um ambiente que proporcione a melhor interação. Seja em uma plataforma de livestreams (transmissões ao vivo) padrão ou uma de terceiros, especializada, em e-commerce. Em suma, assegure-se de que ela seja funcional, intuitiva e que não cause gargalos na sua interação com o cliente. Lembre-se: menos é mais. Prefira algo acessível e simples do que uma plataforma complexa que precisa de um alto nível de entendimento prévio. Quanto mais cedo o seu cliente entrar na live, melhor! 

3 – Planeje ofertas especiais 

O ponto-chave do live commerce é que ele acontece de imediato, ao vivo. Então, faça com que seu cliente se sinta exclusivo! Promoções momentâneas, cupons, descontos em produtos, são exemplos do que pode ser feito ao decorrer da transmissão. Ainda, explore estratégias como competições e sorteios, que aumentam o engajamento e a audiência. Todas essas ofertas especiais encorajam a compra por impulso. Dica: use links curtos, QR codes ou mensagens pelo chat e/ou instantâneas.

4 – Faça parceria com influenciadores 

Os influenciadores digitais são chamados dessa forma por um motivo! O live commerce precisa de interação, e quem melhor para interagir se não as pessoas que fazem disso a sua profissão?  Além disso, por serem profissionais nesse ramo, os chamados de influencers trazem um carisma que somente eles podem levar consigo. Mas, lembre-se: influenciadores não são, apenas, aqueles com dezenas de milhões de seguidores. Procure outros, mais nichados, e que conversam com seu público.  

5 – Pense no pós-venda 

É importante que, após a compra, o cliente seja retido. Por isso, planeje, antes de fazer a sua ação de live commerce, uma série de estratégias para manter o cliente com você no futuro. Você pode fazer isso com cadências de e-mail, HSM e, até mesmo, com mais uma ação live commerce. 

Turbine as vendas on-line com o live commerce

O e-commerce está, cada vez, mais competitivo. Aliás, o modelo phygital, que une as lojas físicas com as digitais, ganha força. Portanto, se você deseja fazer a diferença, é necessário buscar alternativas para manter o crescimento da sua empresa. 

Live commerce é, apenas, uma das soluções para aquecer as vendas e o relacionamento com os clientes. Mas, existem outras maneiras de potencializar o comércio eletrônico. Quer saber quais são elas? 

Acesse a página da Code7 de e-commerce para falar com um especialista e conheça nossas propostas para melhorar o seu atendimento.Permitimos que você faça a divulgação da sua marca, contato direto com o cliente e automatizado 24/7. Tudo isso em uma experiência única. Ter uma empresa apoiando esse processo é essencial. Aposte no novo, surpreenda a concorrência e a sua audiência. 

Posts Relacionados

Televendas vai morrer! Saiba como migrar para o digital!

Você, ainda, prospecta clientes por telefone? Então, é melhor pensar em novas estratégias comerciais. Afinal, a televendas vai morrer e se a sua empresa não quer ir junto, é melhor começar a migrar para o digital hoje mesmo!  Não sabe por onde começar? Então, já salva este conteúdo. Vamos mostrar como você pode fazer essa […]

6 Dicas para personalizar chatbot no WhatsApp

Os chatbots vieram para ficar. Os usuários podem falar com eles a qualquer momento, sem filas de espera, e isso transforma o atendimento digital em uma experiência melhor. E ter essa ferramenta no WhatsApp, ou seja, na plataforma que 80% dos brasileiros usam para se comunicar, é necessário para todas as empresas! Mas, desde a […]

8 motivos para ter um chatbot no varejo

Já pensou em reforçar o seu time de atendimento com a ajuda de um robô? Pois saiba que, atualmente, isso é possível. O chatbot no varejo pode ser utilizado de diversas maneiras para impulsionar os negócios e otimizar o relacionamento com os clientes.  Quer conhecer os principais motivos de utilizar um bot ? Então, acompanhe este […]