21. 12. 2023 - Produzido pela Equipe da Code7

Como utilizar a tecnologia na medicina preventiva?

Como utilizar a tecnologia na medicina preventiva?

A tecnologia na medicina preventiva já é uma realidade. Descubra como utilizar ferramentas digitais inteligentes para elevar a experiência do paciente e criar abordagens mais customizadas nesse setor.

De acordo com a pesquisa da International Data Corporation (IDC), 65% das organizações de saúde investirão em inteligência artificial (IA) para melhorar a gestão e desenvolver tratamentos mais personalizados nos próximos anos. Além disso, a digitalização dos fluxos de trabalho repetitivos será uma prioridade para 33,4% das empresas entrevistadas.

Sabe o que isso significa? Que a tecnologia ficará cada vez mais presente na área da saúde. Transformando modelos de atendimento, democratizando o acesso à informação e, principalmente, ressignificando o conceito de cuidado. 

Hoje, a prevenção de doenças tornou-se uma prioridade. Por isso, vamos mostrar como os avanços tecnológicos têm contribuído, especificamente,  para otimizar a medicina preventiva.  

Acompanhe nosso blog post! ?

O que é medicina preventiva?

A medicina preventiva é a área da saúde que visa melhorar a qualidade de vida das pessoas. Em outras palavras, ao invés de tratar somente as patologias, ela tem como foco a antecipação das doenças e a promoção do bem-estar.

Atualmente, é possível observar diversas práticas e estratégias que visam eliminar riscos e amenizar os impactos de determinadas doenças. Um exemplo são as próprias vacinas. Elas são utilizadas com o intuito de impedir que vírus e bactérias se proliferem e provoquem danos à saúde humana, como ocorreu com a Covid-19.

Mas, na era digital, existem muitas outras maneiras de promover a medicina preventiva. Por meio das inovações tecnológicas, as empresas podem ficar bem mais próximas dos pacientes e proporcionar cuidados diários, mesmo que à distância. Veja como, a seguir.

Saúde digital

Como a tecnologia pode ser utilizada na medicina preventiva?

Listamos os principais casos de uso para você se atentar. Confira!

1º) Acesso remoto

Uma das principais vantagens de utilizar a tecnologia na medicina preventiva, é a mobilidade. Por meio de dispositivos móveis, é possível oferecer consultas médicas remotas e levar serviços médicos a lugares mais distantes. O que é ótimo. Afinal, esse tipo de iniciativa contribui para democratização do acesso à saúde.

2º) Personalização do cuidado

Outra maneira de usar a tecnologia na medicina preventiva, é personalizando o cuidado. É possível fazer isso de inúmeras maneiras, uma delas é utilizando a inteligência artificial (IA) generativa

Essa inovação é capaz de analisar o histórico de interação de cada paciente, e a partir daí criar mensagens de prevenção, de acordo com o perfil de saúde de cada indivíduo. O que faz toda a diferença!

3º) Monitoramento contínuo

Alguns pacientes precisam de acompanhamento constante. Porém, nem todos conseguem se deslocar até hospitais e clínicas para fazer esse controle.

Contudo, por meio de ferramentas digitais específicas, como chatbots e voicebots, é possível monitorar o desempenho desses pacientes. Como? Disparando lembretes sobre horários de medicações, realizando ligações automáticas, de tempo em tempo, para saber se está tudo bem, entre outras atividades.

?Dê o play no vídeo abaixo e veja um voicebot funcionando na prática.?

4º) Educação em saúde

Quanto mais informação você conseguir transmitir para os seus pacientes, melhor. Por isso, ter uma base de conhecimento sólida é fundamental.

Hoje, com a ajuda do ChatGPT, por exemplo, é possível criar um banco de dados amplo. Tal inovação é capaz de produzir conteúdos sobre estilo de vida, nutrição equilibrada, exercícios físicos e tudo mais que tenha a ver com o universo da saúde e da medicina preventiva. Bem legal, né?

5º) Integração de dados

Por fim, você pode utilizar a tecnologia para conectar dados. Ou seja, por meio de uma ferramenta omnichannel, por exemplo, é possível ter uma visão ampla e unificada das interações dos pacientes em diferentes canais de contato. O que é ótimo! Afinal, dessa forma você pode compartilhá-las com outras áreas e criar abordagens multidisciplinares. Aprimorando, assim, a jornada dos pacientes.

Enfim, o que não faltam são casos de uso da tecnologia na área de medicina preventiva. 

?Mas, você deve está se perguntando: como organizar uma estratégia de comunicação englobando todos esses pontos? 

É o que vamos mostrar no próximo tópico.

chatbots na saúde

Como criar ações de atendimento integradas para a prevenção da saúde?

Primeiramente, é fundamental utilizar uma plataforma conversacional. Por meio dela, você consegue ter acesso a diversos recursos para impulsionar suas ações, tais como: bot, HSM WhatsApp, SMS, URA e muito mais. 

Além disso, você pode centralizar toda a gestão da comunicação de promoção de saúde e prevenção de doenças, em uma só interface. 

Aqui na Code7, nós temos uma solução completa para a área da saúde que atende todos os requisitos listados acima e muito mais. Para você ter uma ideia, nossa plataforma foi desenvolvida para ser adaptada às necessidades de cada cliente, podendo ser integrada a outros sistemas via API.

O que acha de conhecê-la? Fale, agora mesmo, com um dos  nossos especialistas e saiba mais detalhes.

Estamos prontos para ajudar você a utilizar o melhor da tecnologia na medicina preventiva. 

Posts Relacionados

Matrícula escolar: como automatizar com um chatbot?

Simplifique o processo de matrícula escolar da sua instituição de ensino. Conheça todo o poder do chatbot de atendimento.

Tecnologia na educação: 7 exemplos de uso

Saiba como utilizar a tecnologia na educação de forma estratégica e reinvente o relacionamento entre alunos e professores, na sua instituição de ensino.

Experiência do paciente: o que é e como melhorar?

Saiba como melhorar a prestação de serviços, na área da saúde, focando na experiência do paciente.  Descubra como a tecnologia pode ser uma grande aliada nesse processo. O atendimento de qualidade é um dos itens mais valorizados na era digital. Independente do serviço oferecido, uma coisa é certa: as pessoas querem ser bem tratadas.  No [...]